Desnotícias:Cenourinha Abravanel e seu corno Fábio, Fariam acordos com a JBS

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

CUTIRIBA, Republic of Curitiba
por Paulo André, enviado especial do Desnotícias

Para ficar com uma cabeça desse tamanho, só injetando botox no cérebro (ou nascendo no Nordeste).

Hoje a hortaliça Abravanel, em especial a Cenoura, ficaram atônitos quando foram informados de que uma de suas caçulas foi pega com as calças arriadas curtas e a boca na botija de seu esposo durante um pequeno jantar entre amigos (que não se conheciam) realizado na casa do casal mais querido da TV brasileira. A família ficou sabendo por meio daquela famosa cartinha enviada pela Prato Feito (PF) solicitando que Putrúcia Abravanel fosse prestar esclarecimento em razão de ter sido cúmplice de seu esposo, Fábio que nunca fez nada.

E a delação também explica porque o casamento do casal teve mais políticos que Brasília em dia normal de expediente.

O nome do fofoqueiro X-9 é Ricardo Saude e pela primeira vez se trata de alguém que não trabalha na Band ou da RedeTV. O delator informou até o nome do azeite extra-virgem que usavam na ocasião, dedurando com detalhes como foi o jantar em que seus anfitriões comiam filé de peixe e arrotavam caviar.

Visando evitar ter o mesmo fim que o casal 50 da Câmara, Eduardo Cunha e Cláudia Cruz, o casal Cenoura-Son já providenciou seu árabe álibi. Patrícia e suas amigas, pensaram em algo a altura do coeficiente de inteligência daqueles seres: um audio de zapo-zap... Na conversa que parece mais tramada que o programa Casos de Família, Patrícia e sua amiga Ticiana Villas Boas (outra criatura que sofre com a atrofiação do cérebro) conversam maneiras inteligentes de tapear a PF, heuheue! Ao invés de adotar o tradicional não sei, a apresentadora já se preparou para os interrogatórios e irá adotar o choro e aos pedidos de piedade, com direito a choros copiosos frente ao árbitro e quem sabe não rola um "você sabe com quem está falando?"

Acompanhemos os próximos capitulos...


Fontes[editar]