Desnotícias:Melanina do Trump visita campo de concentração de refugiados e não dá a mínima

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

GOIÂNIA DO TEXAS, Estaduzunidos

Melania quis zoar muito na internet, apesar de não ter DNA brasileiro.

A primeira — ou no caso do Trump, sua septuagésima nona — dama do reino americano, Melanina Trump, tirou um dia desta semana que ainda não terminou para visitar um campo de concentração de hispânicos gentios (mas não gentis) e zoa mto na net com um casaco Zara que tinha pichada nas costas a frase I really don't give a fuck, do u? e se portando como uma inconsequente de 13 anos.

A mensagem deixou ONGs caça-níqueis em polvorosa, a começar com uma fabricante de casacos concorrentes da Zara, que aproveitou logo para criar um modelo completamente inverso ao usado pela octagésima-sétima-dama com os dizeres I care because I gave my anus to a refugee... They will be father of my children. Apesar da mensagem do casacão, ninguém de fato gostaria de ter um refugiado em casa. Se alguém comprasse aquilo, seria mais para pagar de diferentão socialmente engajado entre os amiguinhos na balaids ou no Twitter. Já a criadora dessa demagogia diz que doaria 0,0000000000001089% do valor dos primeiros dez casacos para causas relacionadas a imigração e que assim estaria fazendo a parte dela.

O campo visitado por Melania. Os americanos pretendem incinerar metade dos enclausurados, enquanto que da outra parte, 2/3 verão a cremação e depois retornarão à suas shitholes. O 1/3 restante irá servir de cobaia para experimentos do McDonalds.

No campo de concentração de Texas, os imigrantes foram separados entre pais e filhos, onde os pais foram separados para servir nas usinas da Texaco e quanto suas crianças, os homens receberão hormônios e serão congelados por 102 anos até se tornarem supersoldados, enquanto as meninas serão treinadas para fazer o serviço domestico de sempre, não recebendo hormônios de forma direta, apenas comendo frango.

Entre os concentrados, encontramos uma versão da Anne Frank mexicana, a Ana Francesca. Ela já começou a escrever o futuro best seller de 2078. Ela sonha com um Novo México que fala espanhol e que não fosse dominado por gangs, facções, cartéis e outras porcarias que compõem o crime desorganizado de países latinos.

Donald "culpa da gestão Obama" Trump já disse que seu plano será instaurar uma nação composta apenas por conservadores texanos, pois considera ser aquela a raça criada por Deus para guiar os homens de bem da terra. Seu plano de expansão começou com uma candidatura conjunta com seus tão odiados vizinhos invadidos para sediar um mega surubaço-aço com 48 times, sendo dentre estes, apenas 5 seleções e o restante catados de jogadores que compartilham a mesma nacionalidade. O próximo passo será convencer contrabandistas mexicanos e viados canadenses para que se multipliquem em menor quantidade.

Vamos acompanhar de perto quais serão os próximos passos do governo Trump.


Fontes[editar]