Família Pato

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

A Família Pato foi uma quadrilha família de patos homofóbicos antropomórficos fictícios relacionados ao ridículo Pato Donald e seu tio mão-de-vaca Patinhas no Universo Pato criado pelo maluco Walt Disney. Também estão incluídos aqui, os fantasmas do Clã escocês dos McPatinhas. Embora Donald, o primo Gansolino e seus sobrinhos diabólicos Huguinho, Zezinho e Luisinho, foram criados pelo próprio Disney, a maioria dos patos foram criados pelo quadrinista Carl Barks (que ninguém conhece), sendo que o Tio Patinhas é o personagem que obteve mais sucesso (até mais que o Donald) e posteriormente a família foi expandida pelo discípulo de Barks, Don Rosa (outro que ninguém sabe quem é), que decidiu criar uma cronologia para a família. Segundo ele, as histórias se passam nos anos 50 e 60, ou seja, todos já morreram...MWAHAHAHAHAHA!

Abaixo a famosa árvore patolójika:

Aqui, se encontram todos os membros (ou não) da Família Pato

E mais abaixo, uma descrição de cada membro dessa bosta linda família.

Fantasmas Antepassados medievais

Sir Quackius, a assombração que aparece no Castelo Mac Patinhas

Sir Quackius é um dos guerreiros mais poderosos de todo o clã Mac Patinhas, pois ele conseguiu defender o rei Macbeth durante toda a guerra civil. Porém, ele apenas tinha força física e coragem, porque em questão de inteligência, era pior do que a Carla Perez.

Na tentativa de proteger o seu ouro, nosso inteligente amigo acidentalmente se aprisionou com o baú em um esconderijo do castelo, onde acabou morrendo. Depois disso, todos os membros tentaram encontrar o ouro o corpo do Sir Quackius, mas ninguém encontrou nem rastro. Ou seja, o esconderijo era realmente perfeito. Vários anos depois, aparece como um demônio fantasma para afugentar qualquer um que entre no Castelo que não for da família Patinhas. Quackius também foi muito importante na vida do Tio Patinhas pois foi ele que mandou ele vazar da Escócia para conhecer o mundo e ficar podre de rico. E também, foi o responsável pela morte do jovem Patinhas durante uma briga contra os Mac Whiskers, mas depois, conseguiram ressuscitá-lo com as Esferas do Dragão.

  • Sir Ildo Mac Patinhas (Sir Eider)
Sir Ildo, sua avareza custou sua vida

Sir Ildo é o membro mais mão-de-vaca de todo o clã Mac Patinhas (e olha que esse é um status bem difícil de se conseguir). Isso porque, mesmo estando no meio de uma guerra sangrenta, ele se negou a dar um aumento para os seus soldados, que simplesmente desertaram, fazendo Sir Ildo ficar no meio de mais de 8000 inimigos com sede de sangue. Obviamente, ele virou um pato assado, no ano de 946.

  • Sir Lock (Sir Stuft McDuck)
Sir Lock, o responsável por levar os Mac Patinhas para a pindaíba

Sir Lock Holmes foi um membro útil e inútil para o Clã Patinhas.

Ele foi responsável por levar a família para pindaíba após repassar parte da fortuna dos MacPatinhas para financiar a Cruzada de Ricardo Coração de Leão. Em 1220, decidiu selar o Castelo da Família, a fim de diminuir os custos de manutenção do mesmo (com certeza, ele é parente do Tio Patinhas). No entanto, criou uma passagem secreta que levava do castelo a uma catacumba e de lá ao cemitério da família, fora do castelo. A passagem foi útil para o transporte quando o castelo estava sendo invadido por clãs rivais. Morreu em 1260 de hemorróida. A entrada da passagem do cemitério foi disfarçada como sua tumba. Os ossos dele permaneceram em sua armadura, colocada em frente a entrada do castelo e isso só foi descoberto em 1948, por Patinhas e Cia.

Cquote1.png Você quis dizer: Faustão Cquote2.png
Google sobre Sir Glutonius

Sir Glutonius, o Jô Soares dos Mac Patinhas

Um guerreiro que saqueou toda a dispensa do rei Guilherme, o Leão, para quem trabalhava como cozinheiro. Depois de ter comido tudo, Sir Glutonius tentou fugir do castelo, afinal, era bem capaz que o Rei Guilherme tentasse empalá-lo. Porém, o Rei Guilherme nem precisou fazer nada, afinal, Sir Glutonius acabou morrendo de indigestão. MWAHAHAHAHAHA!

  • Sir Mac Réco (Sir Swamphole McDuck)
Sir Mac Réco, mais um antepassado fracassado do Pato Donald

Um antepassado que guiou o clã durante os problemas financeiros causados pelo idiota do Sir Lock, que eventualmente o levaram a fechar as masmorras do Castelo Mac Patinhas para economizar. Graças a isso, ganhou o respeito e a admiração de todos os membros mão-de-vacas. Foi dele, que o Tio Patinhas herdou suas habilidades capetalísticas.

Outros

  • Capitão Mac Patinhas (Seafoam McDuck)
Capitão Gancho Mac Patinhas e sua nojenta dentadura de ouro

Um ancestral do Pato Donald que se dizia um Capitão e ficou rico, tendo sucesso até o dia em que fez um contrato com um patife conhecido como Patife Mac Scroque para entregar um pacote de rabanetes para a Jamaica. Contudo, o seu barco foi pro brejo e por ele não ler as letras miúdas do contrato de Mac Scroque, ficou com apenas as roupas do corpo (lembrando que ele é um pato), mas Mac Patinhas conseguiu fugir com sua dentadura (que nojo!) de ouro e um relógio velho pra cacete. Morreu alguns anos depois e esse dois itens foram doados para sua família, onde mais tarde Patinhas os vendeu para comprar o material para trabalhar no garimpo. E por causa disso, o velho avarento quase perdeu sua fortuna também, por causa do descendente do tal Mac Scroque.

  • Imediato P.A. Tinhas (Malcolm McDuck)
Imediato P.A. Tinhas: mais uma criação super original de Carl Barks

Uma possível encarnação do Tio Patinhas (se é que você acredita nisso). Atuou na marinha e enterrou um tesouro de batatas, isso mesmo, BATATAS! Em 1579, ele começou a comandar o novíssimo Forte Drakeborough, que em 1818 foi roubado por CORNélio Patus e depois renomeado para Forte Patópolis.

  • Cornélio Patus (Cornelius Coot)
Cornélio Patus, o fundador de Patópolis. Parece o Ned Flanders

Um pato corno europeu idiota que fundou, na terra do Tio Sam, a cidade de Penápolis Patópolis, a cidade com os personagens animais mais chatos do mundo, localizada no estado de Calisota. Depois que morreu, criaram uma estátua sua, sendo um monumento municipal para os patopolenses. Uma estátua bem idiota por sinal, assim como o fundador de Patópolis.

Século 19

Primeira Geração

  • Chico Mac Patinhas (Dingus McDuck)
Chico era um mineiro muito cuzão

Minerador de carvão, profissão que lhe rendeu o apelido "Chico Sujo". Teve três filhos com Maria Patilha: Nicolau Patusco, Capitão Patico, e Fergus, o pai de Patinhas e avô do Pato Donald. É um personagem cuzão (dá pra ver pela foto onde faz cara de poucos amigos), que não tem importância para o Universo dos Patos, não aparece em nenhuma história e serve apenas para mostrar que foi o avô fracassado do Tio Patinhas (e bisavô fracassado do Pato Donald).

  • MacSovina (Quagmire McDuck)
Mac Sovina era um senhor muito animado

Mais um personagem que assemelha muito ao nosso velho amigo muquirana, haja criatividade, hein, Don Rosa? MacSovina, como seu próprio nome diz, é mais um mão-de-vaca do Clã Mac Patinhas, sendo o irmão do Chico Mac Patinhas. Roubou Herdou o relógio do Capitão Mac Patinhas, e roubou criou fortuna. Tinha uma mansão, que permaneceu sem dono até seu sobrinho-neto maldito e egoísta chamado Patinhas aparecer e tomar posse dela, provando que era um herdeiro digno por meio do relógio (que seu pai Fergus tinha herdado de Mac Sovina).

  • Cipriano Patus (Clinton Coot)
Cipriano Patus, o criador da Febem de Patópolis

É o filho de Cornélio Patus [carece de fontes] e se casou com Ambrósia Patus, com quem teve uma filha: a Vovó Donalda. Foi o fundador da Febem dos escoteiros-mirins.

Segunda Geração

Tio Patinhas Fergus Mac Patinhas, tal pai, tal filho: sovinas!

Cquote1.png Você quis dizer: Tio Patinhas Cquote2.png
Google sobre Fergus

Fergus Mac Patinhas é o pai do Tio Patinhas e avô do Pato Donald. Porém, diferentemente de seu filho mão de vaca um pouco indisposto para ceder dinheiro, Fergus Mac Patinhas não é tão mão de vaca (pelo menos, não muito). Também é o pai de Matilda e Satanás Hortência Mac Patinhas. Casado com Donilda O'Pata e irmão do Capitão Patico e de Nicolau Patusco. Também tem outros filhos bastardos fora do casamento, quando Fergus pulou a cerca e colocou em Donilda, um belo par de chifres.

Fergus é um grande filósofo e protetor do Castelo Mac Patinhas. Sua filosofia é tão grande, que ele passou a vida inteira contando histórias sobre seu clã fracassado e para conseguir dinheiro para sustentar sua esposa, suas duas filhas legítimas, seus filhos bastardos, seu irmão vagabundo e suas amantes, tirou seu filho Patinhas de apenas 13 anos da escola e o colocou para trabalhar feito burro como engraxate. E não é que o plano deu certo? Seu filho se tornou o Pato Mais Egoísta Rico do Mundo. Fergus faleceu em 1902 e foi fazer companhia para Sir Quackius, dando uma de Gasparzinho.

  • Donilda O'Pata (Downy O'Drake)
Donilda, a mãe do Pato Mais Mão de Vaca do Mundo

Donilda O'Pata é a mãe do Tio Patinhas, Hortência e Matilda Mac Patinhas. Dona de casa, trabalhadora, que foi casada com Fergus, sem descobrir que este lhe enganava e teve outros filhos fora do casamento, que mais tarde, se apresentaram como irmãos bastardos do Tio Patinhas. Donilda faleceu em 1897, mesmo ano em que seu filho Patinhas encontrou ouro no Klondike e finalmente ficou rico. Sua morte inspirou Patinhas a afundar o barco de Porcolino Leitão com ele dentro, após ele tirar sarro do garimpeiro escocês e com isso, o vilão tomou noku.

  • Capitão Patico (Angus McDuck)
Patico Mac Patinhas, o capitão mais mentiroso de todos os tempos

Nascido na Escócia, o Capitão Patico imigrou para a América (sorte dele que o Donald Trump ainda não era presidente), onde começou a trabalhar em barcos do Mississipi, tornando-se um barqueiro com muito sucesso. Ele e seu sócio, Porcolino Ferradura se tornaram co-proprietários de um terreno de uma plantação sulista que tinha ido à falência. Os dois saíram no tapa e como não chegavam a um acordo, decidiram fazer uma corrida de barcos em 1870 a fim de decidir quem seria o proprietário da mansão. Mas os dois se fuderam bonito, pois os dois barcos afundaram, não havendo assim, nenhum vencedor. Porcolino tinha mais dois barcos, mas Patico passou os próximos 10 anos de sua vida miserável como um imprestável jogador de baralho.

Patico passou o resto de sua vida miserável escrevendo histórias em quadrinhos

Em 1880, em um jogo de pôquer com Ferradura, Patico ganhou os direitos de um dos barcos de seu rival, chamado de "Dilly Dollar". Ferradura tentou acabar com o pato, mas se fudeu novamente, após perder seu outro barco para o Pirata Metralha e seus filhos, a primeira geração dos Irmãos Metralha. Patico contratou seu sobrinho Patinhas e um inventor barato chamado Mestre Pardal (avô do Professor Pardal, tão desmiolado quanto o neto) como sua tripulação. O negócio não ia bem e Patico decidiu se aposentar em 1882. Ele deixou o barco com seu sobrinho e se tornou um escritor de uma série de romances baratos com o título de "Mestre do Mississipi", baseada em uma descrição extremamente exagerada de sua vida.

Sim, Patico Mac Patinhas é o maior mentiroso de todo o Clã. Depois de sua morte, Tio Patinhas e Álvaro Ferradura (sobrinho também fracassado de Porcolino) trouxeram os barcos de seus antepassados de volta, a fim de terminar a corrida para assim conseguir a Mansão do Sul. Patinhas ganhou, somente para descobrir que depois de 85 anos, a mansão estava tão frágil que foi acidentalmente destruída por um espirro. MHUHUAUHUHUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAU

  • Nicolau Patusco (Jake McDuck)
Nicolau Patusco, é um Zé ninguém. Parece o Pão Duro Mac Mônei.

Irmão de Fergus e tio do Tio Patinhas, é um folgado assim como seu irmão e não fazia absolutamente nada. É um Zé Ninguém. Não se sabe o destino dessa coisa, mas acredita-se que esteja morto.

  • Donalda Pato (Elvira Coot)
Vovó Donalda é mais acabada velha que o Tio Patinhas

Vovó Donalda é uma das personagens mais queridas dos personagens da Disney, pois todos eles sabem que, no rancho dela, eles podem comer deliciosos quitutes gratuitamente, sem se incomodar com nada. A Vovó Donalda também é a avó do Pato Donald, mas ela não tem culpa da burrada de seu filho Patoso. Muita gente diz que a Vovó Donalda tomou a poção da vida eterna, visto que, quando o Tio Patinhas ainda era jovem e chegou em Patópolis, a Vovó Donalda já era praticamente um maracujá de gaveta. Após alguns pequenos experimentos com fósseis, estudiosos afirmam de pé-junto que Vovó Donalda é apenas 100 milhões de anos mais jovem do que Dercy Gonçalvez - o que não quer dizer muita coisa, é verdade, já que a Dercy nasceu junto com o universo.

Assim como qualquer caipira comum, Vovó Donalda sempre executava as suas tarefas rotineiras, de ficar ordenhando vacas e coletando os ovos das galinhas. E, assim como qualquer caipira, a Vovó Donalda se casou muito cedo com Tomás Reco, e logo já estava fazendo filhos. Em pouco tempo, a Vovó Donalda já tinha três filhos nas costas, que eram Patoso (pai do Donald), Patolfo (pai do Peninha) e Patrícia (mãe do Gastão). Morou em um sítio com o sobrinho Gansolino, por um século. Faleceu em 1960, com 100 anos, quando uma vaca louca partiu pra cima da velha.

  • Tomás Reco (Humperdink Duck)
Vovô Donald Tomás Reco, o caipira que deixou a Vovó Donalda viúva

Tomás Turbando Reco foi o marido de Vovó Donalda, pai de Patoso (pai de Pato Donald), Éder Patolfo (pai de Peninha) e Patrícia Pato (mãe de Gastão). Seu sogro era Cipriano Patus, filho de Cornélio Patus, fundador de Patópolis. Nasceu em 1860 e faleceu em 1940, após comer ovos podres feitos pela Vovó Donalda.

  • Patus Quela (Casey Coot)
Patus Quela, o garimpeiro fracassado que vendeu o terreno da Caixa-Forte para o Tio Patinhas

Patus Quela foi o irmão mais novo de Vovó Donalda. Ganhou de seu pai a Colina Mata-motor, onde mais tarde vendeu a Patinhas para construir a Caixa-Forte. Casou-se com Dora Linda, com quem teve os filhos Bicudo e Gansólia. Patus Quela foi um garimpeiro fracassado e amigo do Tio Patinhas durante seus anos de prospecção no Klondike. Patus Quela nasceu em 1860 e morreu pouco antes de 1970, de cirrose. Sim, ele era cachaceiro. É o avô de um ganso gordão, imprestável, inútil e preguiçoso.

Terceira Geração

Tio Patinhas, o Pato Mais Sem-Vergonha do Mundo
  • Patinhas Mac Patinhas (Scrooge McDuck)

Tio Patinhas nasceu em 28 de junho de 1867 em Glasgow, na Escócia (ele é velho pra cacete). Patinhas era a última esperança do decadente Clã MacPatinhas. Não se conhece muito sobre sua infância na Escócia, mas há registros de que Patinhas era miserável desde sua infância. Quando bebê, sempre criticava os pais quando contratavam uma babá, por achar que isso era um desperdício de dinheiro.

O jovem Patinhas abandonou a escola porque achava isso uma perda de tempo (e realmente, ele estava certo). Ganhou sua primeira moeda de 10 centavos (a famosa Moedinha Número 1) quando tinha 10 anos de idade, em 1877, quando era apenas um engraxate, graças a uma estratégia montada pelo seu pai, Fergus. Essa que viria a se tornar seu precioso amuleto da sorte.

Essa ave maldita tem até uma Saga contando sua trajetória

Três anos depois (1880), ele partiu para a América. Depois de muitas aventuras finalmente chegou no Klondike, em 1896, onde participou de uma Corrida do Ouro, ao lado de Charles Chaplin. Patinhas era uma figura temida no Alasca e no Yukon. Sua avareza e seu cheiro (não tomava banho para economizar) assustavam até os maiores ursos. No Klondike, ele encontra uma pedra dourada, do tamanho de um ovo de gansa, e em suas escavações em busca de ouro, acaba tendo um relacionamento romântico com Dora Cintilante. Ali, nascia um grande amor cheio de tapas, beijos, bebidas alcólicas e muita putaria.

Finalmente em 1902 ele chega a Patópolis, onde construiu sua famosa Caixa-Forte. Nos anos seguintes, Patinhas viajou ao redor do mundo a fim de aumentar sua fortuna. Patinhas ficou conhecido, então, por sua falta de escrúpulos, fazendo tudo o que for preciso para conseguir sempre mais dinheiro. Pelos seus feitos ao redor do globo, Patinhas recebeu inúmeras alcunhas, como O Caubói das Terras Malditas, O Veneno de Pizen Bluff, O Lendário Pato do Deserto Australiano, O Rei da Colina de Cobre, entre outras. Apesar disso, Tio Patinhas prefere manter a modéstia, e gosta de ser chamado apenas de O Pato mais Rico do Mundo. Porém, ele tinha mudado. Outrora afável e gentil, tornara-se um pato pior que o Satanás. Assim, sua própria família o abandonou e o pequeno Donald se despediu dele com um belo pontapé na bunda.

Em 1942, Tio Patinhas deixa seu império e se aposenta, passando a viver em uma mansão luxuosa, com um estilo de vida completamente diferente do que ele vivia anteriormente. No dia de Natal do ano de 1947, finalmente ele se reencontrou com seu sobrinho Donald, que só o conhecia quando criança, junto com Huguinho, Zezinho e Luizinho, sobrinhos de Donald. Nos 20 anos seguintes, eles viveram grandes aventuras, nunca antes imaginadas.

Então, surgem antigos inimigos como os fracassados Irmãos Metralha que sempre tentam roubar sua fortuna, juntamente com novos (novos porque apareceram recentemente, porque são velhos pra caralho) como Mac Mônei e Patacôncio que tentam superá-lo no ranking dos mais gays ricos. Além deles, surge Maga Patalógika, a Bruxa do 71, que tenta inultilmente roubar a imprestável Moeda Número 1, acreditando que aquilo dá sorte.

A morte do Tio Patinhas. Sim, ele morreu desgraçadamente após se afogar no seu próprio vômito dinheiro. A Desciclopédia nunca omite nada e tudo que está escrito aqui é verdade.

Em 1967, com 100 anos de idade, Patinhas Mac Patinhas morreria, após se afogar nadando em seu próprio veneno dinheiro. Seu dinheiro foi herdado por seus três subordinados sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luisinho. Por anos, foi o Pato Mais Rico do Mundo e o cidadão Número Um de Patópolis. Também ganhou fama como o Pato Mais Pão-Duro e Rabugento que existiu no mundo.

  • Matilda Mac Patinhas (Matilda McDuck)
Matilda era gostosinha

Matilda Mac Patinhas a irmã do meio do Tio Patinhas, nascida em 1871 em Glasgow. Na primeira árvore genealógica de Carl Barks, era a mãe de Gastão, mas isso foi abandonado por Don Rosa e por causa disso, Gastão não é mais sobrinho do Patinhas (que burrice, hein, Don Rosa?). Matilda é uma escocesa até bem gostosinha, é conhecida pelo temperamento calmo diferente de sua irmã diabólica. Emigrou em 1902 com Patinhas e Hotência para a América.

O reencontro emocionante de Matilda com seu irmão avarento

As duas irmãs ficaram cuidando da Caixa-Forte, enquanto seu irmão ganancioso Patinhas roubava os tesouros dos Países subdesenvolvidos para ficar ainda mais rico. Contudo, ambas abandonaram o velho irmão em 1930, após ele desprezá-las, quando voltou. Matilda e Hortência voltaram para a Escócia. Matilda fez as pazes com seu irmão maldito apenas em 1956, quando ele já saía no mundo com seus sobrinhos nas viagens malucas. É especulada como sendo a esposa do Professor Ludovico (coitada dela). Matilda faleceu em 1961, com 90 anos de idade.

  • Hortência Mac Patinhas (Hortense McDuck)
Hortência Mac Patinhas querendo me matar após ler seu artigo na Desciclopédia.

Cquote1.png Você quis dizer: Satanás em forma de pata Cquote2.png
Google sobre Hortência Mac Patinhas

Hortência Mac Patinhas é a pata mais invocada de todo o clã Mac Patinhas. Ela é tão invocada que até mesmo o seu filho, Pato Donald, é o sujeito mais calmo do mundo perto dela. Quando fica extremamente nervosa (ou seja, sempre), Hortência tem o costume de sair metendo porrada em qualquer coisa que se mexa. Sua força nessas horas aumenta para mais de 8000, e ela consegue vencer com extrema facilidade até mesmo ursos, leões e o exército americano. Poucos sabem, mas Hortência foi a única pessoa pata no mundo que acertou um cruzado de direita na cara de Theodore Roosevelt, e saiu viva para contar história.

Hortência explodindo de raiva

Hortência junto com seus irmãos Patinhas e Matilda saíram da Escócia e chegaram à América onde Patinhas construiu sua Caixa-Forte (eu já falei isso mil vezes, mas é bom lembrar). Porém, alguns anos depois, o Tio Patinhas mostrou que tinha perdido toda a "umiudade", e tinha se tornado um pato pior do que Satanás. Com isso, Hortência Mac Patinhas e Matilda resolveram ir para qualquer lugar bem longe daquele pato. Enfim, elas acabaram indo para Tangamandápio. Porém, elas não foram de mãos vazias: Hortência Mac Patinhas levou com ela Patoso, um dos filhos da Vovó Donalda, e que era igualzinho ela. E a viagem foi bastante produtiva, pois, no meio dela, eles produziram dois filhos: Dumbela e Donald. Faleceu em 1946 com 70 anos de idade, de infarto, por causa do seu temperamento nervoso. Hortência morreu brigada com o Tio Patinhas, o que o forçou a convidar Donald e seus sobrinhos para a Ceia de Natal de 1947, para se redimir dos seus pecados. Apesar do velho tentar matá-los de sustos, se disfarçando de urso.

  • Patoso (Quackmore Duck)
Patoso foi morto na Segunda Guerra Mundial por Adolfinho por ser Judeu. Mas mal sabia ele, que...

Patoso é filho de Tomás Reco e da Vovó Donalda. Nasceu em 1875 em Patópolis. Em 1902, saiu da casa de Donalda após conhecer Hortência Mac Patinhas e os dois transaram loucamente. Ambos tem um temperamento explosivo e perceberam que eram almas gêmeas. Foram internados no Asilo Arkham durante três anos, mas não conseguiram tratar seu problema de raiva. Anos depois, Patoso trabalhava como contador para o cunhado Patinhas, se casou com Hortênsia e teve dois filhos, Donald e Dumbela. Faleceu em 1945, quando foi atingido por uma bomba na Segunda Guerra Mundial, sendo que nessa época tinha 70 anos e apenas foi dar uma voltinha na Alemanha Nazista, mas por ser Judeu, acabou sendo assassinado pelo Adolfinho. Mal sabia ele, que seu filho Donald também se tornaria um Nazista.

...seu filho Donald traiu o movimento Judeu e também se tornou um Nazista
  • Éder Patolfo (Eider Duck)
Éder Patolfo era um mais um cuzão

Filho de Vovó Donalda e Tomás Reco, casou-se com Patina Dora e teve dois filhos, um doido e um chato. Faleceu em 1945, junto com seu irmão fracassado Patoso.

  • Patrícia Pata (Daphne Duck)
Patrícia, a sortuda, a mãe de um cara bastante chato

Uma filha da Vovó Donalda que tinha excepcional sorte, mais tarde passada para seu filho com Gustavo Ganso (Goosetave Gander), um playboyzinho de merda. Como sua sorte foi passada para seu filhinho insuportável, ela virou uma azarada e faleceu com Patoso e Éder em 1945, com a bomba jogada por Adolfinho. E por causa da criação dela feita por Don Rosa, Gastão deixou de ser sobrinho do Patinhas na nova árvore genealógica, assim como Peninha (se bem que Peninha, nunca foi parente do Patinhas mesmo, mas foda-se, o Tio adotou os dois como sobrinhos mesmo e eles, junto com o Donald, foram candidatos a herdeiros, mas os três perderam para Huguinho, Zezinho e Luisinho e assim não ganharam nada. MHUAUHUAHUAUHUAHUAUAUAUAUAUAUAUAUAU.......

  • Gansolia (Fanny Coot)
Gansolia, a mãe de Gansolino. Tal mãe, tal filho: gordos!

Sobrinha de Vovó Donalda e mãe de Gansolino com o Ganso Gabriel. Personagem inútil, assim como seu filho gordão. Faleceu em 1945 com Patoso, Éder e Patrícia na guerra e é por isso que eles nunca apareceram em nenhuma história com seus famosos filhos. Existem boatos que a Disney criou apenas sobrinhos criados por tios e por isso não existiam pais e filhos, mas isso é apenas teoria da conspiração.

Século 20

Quarta Geração

Pato Donald, muito nervoso por ser eunuco

Pato Donald nasceu em 1920 e é a figura mais emblemática já criada por Walt Disney. Assim como o Quico do Chaves, acredita que é um marinheiro e se veste como tal. Possui uma linda voz e assim como todos os Patos desse Universo medonho, nunca vestiu uma calça, mostrando como esses seres são pervertidos.

Donald é uma figura notória por seu pavio curto e azar, tendo se aventurado com um rato certinho e ingênuo, um cão retardado e um papagaio sem vergonha, antes de se mudar para Patópolis, onde geralmente é escravizado trabalha para seu Tio Patinhas, seu parente mais próximo, já que sua mãe morreu de infarto e seu pai, foi morto pelos nazistas (lembrando que esse pato nervosinho também já foi um gay nazista). Donald também adotou os seus três capetas sobrinhos adoráveis, após a mãe deles, conhecida como Dumbela que é sua irmã, os abandonar, pois se tornou uma profissional do sexo. Anos mais tarde, eles descobriram que essa vadia tinha Aids e acabou falecendo em 1950.

Donald passou a vida inteira em situações bem constragedoras, seja pela sua ingenuidade, pelo seu pavio curto ou pelo seu azar. Margarida, foi seu grande amor durante 45 anos (apesar de viverem brigando). Era uma pata bem puta, pois enganava o pobre Donald, com seu primo almofadinha Gastão. Em uma dessas pancadas, que a vida nos dá, Donald flagrou Margarida se entregando para Gastão e o resto vocês vêem aqui:

O chifre de Donald e a morte de Gastão e da puta Margarida em 1985.

Após esse terrível acontecimento em 1985, Donald foi preso por matar seu primo e sua esposa (com quem teve seu único filho chamado Donatelo, nascido em 1960) passou o resto de sua vida na cadeia junto com os descendentes dos Irmãos Metralha (a quadrilha original foi morta pelo Tio Patinhas em 1965). Um ícone da Disney acabou tendo um fim realmente...RIDÍCULO!

Uma das últimas fotos de Donald na prisão. O triste fim de um ídolo da Disney

Abandonado pela própria família (na verdade, a maioria já tinha morrido) e pelos 3 sobrinhos que herdaram toda a fortuna do Tio Patinhas, Donald faleceu em 25 de Agosto do ano 2000, com 80 anos (mesmo ano em que morreu Carl Barks, o criador do Universo dos Patos). Um triste fim, para uma lenda...

Margarida é a pata mais rodada de Patópolis

Margarida era uma pata bem vagabunda que vivia nos arredores de Patópolis, nascida em 1922. Depois de vários anos colocando chifre namorando com o Donald, finalmente se casaram e tiveram um pirralho que nasceu em 1960. Sempre enganou o Donald com o Gastão até que um dia, muito drogado, o Donald flagrou os dois e acabou os matando (como podem ver na imagem acima).

  • Dumbela Pato (Della Duck)
Dumbela, a pior mãe do mundo

Dumbela Pato é filha de Hortência Mac Patinhas e Patoso, irmã gêmea do Pato Donald e mãe de Huguinho, Zezinho e Luisinho. Ela deixou seus três filhos sob os cuidados do seu irmão Donald e nunca mais voltou para buscá-los. Segundo fontes indicam, ela se tornou uma profissional do sexo e mais tarde viria a falecer em 1950 de Aids, deixando seus subordinados filhos para serem criados eternamente pelo Pato Donald.

Gastão, o ganso mais chato sortudo que existiu nesse mundo

Gastão é o filho da puta de Patrícia Pata com Gustavo Ganso, nascido em 1924. É um cara metido, chato e extremamente sortudo. Está sempre enchendo o saco de seu primo Donald e disputando com ele o amor de Margarida (com quem teve um filho às escondidas chamado Gabriel). Também disputa com Donald a herança do velho pão-duro Tio Patinhas, sendo que nem sobrinho dele ele é. É um cara tão insuportável, que nem mesmo Carl Barks (o seu criador), gostava dele (e isso é verdade). Gastão faleceu em 1985, após Maga Patalógika lhe jogar uma macumba e remover toda sua sorte. Foi morto por seu primo chifrudo Donald, junto com a puta da Margarida.

Gansolino, muito ocupado, trabalhando no sítio da Vovó Donalda

Gansolino é, com toda a cerveja certeza, o membro mais vagabundo de toda a família pato. Assim como 99,99% dos personagens da Disney, ninguém sabe a verdadeira origem de Gansolino, até porque existem milhares de versões diferentes, feitas por Carl Barks, Don Rosa e mais de 8000 outros escritores. Porém, acredita-se que Gansolino tenha nascido na roça mesmo, quando Gansólia e Ganso Gabriel resolveram seguir as tradições caipiras e ter um filho. Com o passar dos anos, Gansolino mostrou que era uma verdadeiro vagabundo, e só queria saber de comer tortas de amora. Percebendo que estavam criando um inútil, os pais de Gansolino resolveram mandá-lo para o quinto dos infernos uma fazenda bem simpática, localizada no interior de Patópolis, que era propriedade da Vovó Donalda. Nascido em 1927, Gansolino ficou sendo o proprietário do sítio depois da morte da Vovó Donalda e faleceu em 2007, com 80 anos, assim como Sir Glutonius, de uma indigestão de tortas.

Peninha, o pato mais doido dos quadrinhos

Cquote1.png Você quis dizer: Seu Madruga Cquote2.png
Google sobre Peninha

Peninha é o primo do Pato Donald e por consequência, rival dele. Filho de Éder Patolfo com Patina Dora, aparenta mais ter puxado a mãe do que o pai (Patina Dora também tinha um parafuso a menos). É um pato vagabundo, retardado, que (com o perdão do trocadilho) fica fazendo bico para sobreviver e poder sustentar seu sobrinho Biquinho (aí está outro trocadilho). Ele é o Seu Madruga do mundo da Disney. Apesar dele ser um faz de tudo, na maior parte do tempo ele está sendo escravo do Tio Patinhas no jornal "A Patada". Também foi adotado pelo Tio Patinhas na condição de sobrinho e um possível herdeiro de seus putaquepariumilhões, mesmo não sendo um parente direto dele.

Quando não está fazendo porra nenhuma, Peninha decide combater o crime e se torna o Batman de Patópolis, somente para atrapalhar ainda mais os roubos dos Irmãos Metralha, que são patetas por si só. Peninha também é um hippie, dá pra ver pela touca, o penteado ridículo e sua maluquez (talvez tenha usado drogas, por ser tão maluco). Nascido em 1923, Peninha faleceu em 2013, com 90 anos de idade em uma última aventura com o Morcego Vermelho. Teve um filho com sua namorada Glória em 1970.

  • Zeca Pato (Whitewater Duckeck)
Mais um parente totalmente inútil para o universo dos patos (e por sinal, bem cuzão também

Zeca Pato é um pato chato pra cacete que vive no Canadá. Irmão mais velho de Peninha, vive nas montanhas afastado da família. Acredita-se que seja o pai de Biquinho, embora existam rumores que Patina Dora tenha enfeitado a testa de Éder Patolfo e assim, nasceu uma pata bastarda que é mãe de Biquinho. Zeca Pato foi utilizado em apenas uma história e sem graça e não vou mais perder tempo falando dele.

Quinta Geração

  • Huguinho, Zezinho e Luisinho (Huey, Dewey e Louie)
Hugão, Zezão e Luisão gastaram toda a fortuna do Tio Patinhas inultilmente

Huguinho, Zezinho e Luisinho são garotos trigêmeos filhos abandonados por Dumbela, aos cuidados de seu tio Donald. Isso porque, Dumbela resolveu se tornar prostituta e nunca mais retornou para buscá-los. Desde então Huguinho, Zezinho e Luisinho vivem infernizando a vida com Donald. Os três são generais-brigadeiros da Tropa A do 22º Batalhão da Febem dos Escoteiros-Mirins de Patópolis. Existe ainda, um quarto irmão deles, que falaremos a seguir. Ninguém sabe quem é o pai dos pentelhos, tudo o que se sabe é que os três pestinhas o deixaram no hospital, após o explodirem com um foguete. Há rumores de que o pai de Huguinho, Zezinho e Luisinho seja um filho entre Patinhas e Dora Cintilante (WTF, ENTÃO O VELHO SERIA VOVÔ PATINHAS....).

A identidade do pai de HZL ainda é um mistério que ninguém quer decifrar

De um modo geral, os três mostraram que tinham habilidades para administrar os negócios do Tio Patinhas e ele deixou toda sua fortuna para eles. Contudo, eles não eram tão avarentos como seu velho tio-avô e ao invês disso, usaram o dinheiro para proteger o meio ambiente e cuidar do mundo (como qualquer outro escoteiro). O que não adiantou porra nenhuma, pois o aquecimento global está praticamente acabando com a terra e assim finalmente a fortuna do Tio Patinhas acabou juntamente com a do Mac Mônei e do Patacôncio, pois o homem mais rico do mundo acabou sendo um nerd que inventou uma máquina muito inútil. Huguinho, Zezinho e Luisinho nasceram em 1940, sendo que Luisinho é homossexual assumido e os três estão bem velhos, sobrevivendo hoje em dia, às custas de aparelhos.

  • Phooey
Phooey, o quarto sobrinho

Cquote1.png Icso non ecziste Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Phooey

Phooey é o quarto sobrinho e o responsável por matar o pai de Huguinho, Zezinho e Luisinho. Foi internado em um Colégio Interno pelo resto de sua vida, mas ás vezes fugia e participava de algumas aventuras com seus irmãos como podemos ver nessa imagem. Muitos dizem que Phooey é na verdade um erro dos desenhistas, mas os peritos da Desciclopédia descartaram logo isso, dizendo que não passava de uma simples teoria da conspiração e afirmam com todas as letras que Phooey é 100% verdadeiro.

  • Biquinho (Dugan)
Biquinho quando ainda era jovem....
  • Biquinho é, como toda a criança no mundo Disney, um sobrinho que mais parece filho, no caso dele, é do Peninha. Assim como seu tio, é completamente pirado e só sabe fazer mierda. Nascido em 1948, ele ainda vive e goza de boa saúde.
  • Donatelo e Gabriel
Donatelo e Gabriel, os filhos que Donald e Gastão tiveram com Margarida

Donatelo é o único filho do Pato Donald com a Margarida. Nasceu em 1960 e é azarado como seu pai. Já Gabriel é um filho que nasceu de Margarida com Gastão, em 1965. Por vários anos, Margarida enganava Donald com Gastão e escondeu esse fato dele.

Amigos da família

Pardal 999.jpg

Professor Pardal é uma espécie de MacGyver de Patópolis, pois ele consegue construir qualquer coisa que se pode imaginar usando apenas materiais encontrados em um ferro-velho. Nascido em 1915, Pardal faleceu em 1995 com 80 anos de idade.

Ludovico 999.jpg

Professor Ludovico é uma espécie de Professor Pardal, porém, diferentemente deste, o Professor Ludovico não é tão inteligente. O Professor Ludovico se assemelha mais a um puta trabalhador honesto, pois ele trabalha em todas as áreas que existem e em mais algumas. Foi casado com Matilda Mac Patinhas e foi tio do Donald por um tempo, mas o casamento não deu certo, por causa do jeito excêntrico de Ludovico e ela o deixou. Ludovico nasceu em 1870 e faleceu em 1970 com 100 anos de idade.

Lala-lele-e-lili-01.jpg

Huguinho, Zezinho e Luisinho vestidos de mulher Lalá, Lelé e Lili são as três filhas sobrinhas da Margarida, nascidas em 1940. Tentaram namorar com os sobrinhos do Donald, mas como eles são gays, acabaram ficando solteironas.

Dora Cintilante 999.jpg

Dora Cintilante é uma das personagens mais misteriosas da Disney, pois ninguém sabe se ela é do bem ou do mal, pois uma hora ela diz que está apaixonada pelo Tio Patinhas e outra hora ela o trai sem nenhuma piedade, se tornando uma mulher pior que a Elizabeth Bathory. Dizem que teve um filho com Patinhas e que esse seria o pai de Huguinho, Zezinho e Luisinho. O fato é que Dora já teve um filho com alguém, não se sabe se era o Tio Patinhas, afinal, ela era uma profissional do sexo, mas teve uma neta chamada Pata Lee, que foi banida da Disney, justamente porque todos os personagens desse universo devem ser gays e não podem ter filhos, sendo apenas tios e sobrinhos. Nascida em 1869, Dora faleceu em 1965 no Klondike e sua morte causou a depressão do Tio Patinhas, que o levou à morte dois anos depois.

Croppedimage318436-brigittaintera.png

Brigite é outra velha solteirona que é apaixonada pelo Tio Patinhas e acreditem se quiser, mas realmente ela não está interessada em aplicar no velho o golpe do baú. Porém, sempre foi desprezada pelo Tio Patinhas (que parecia sempre desconfiar que ela queria dar um golpe nele). Nascida em 1910, Brigite morreu solteirona em 1968 e com depressão, após seu amado ter partido um ano antes.

Capitao-boing(1987).jpg

Capitão Boing é um piloto altamente qualificado aluno do incrível piloto John Mirolha. Foi contrato pelo Tio Patinhas para suas viagens loucas ao redor do mundo. Nascido em 1916, Boing viria a falecer em 2016 com 100 anos de idade, quando pilotava o avião da Chapecoense.

Foto do Mickey.jpg

Mickey Mouse é o camundongo mais famoso, certinho e chato que já existiu. Amigo do Pato Donald (que o achava um mala e até o chamava de Migay Mala), nasceu em 1928 e faleceu em 2008, vítima de uma gonorréia.

Minnie Mouse20.gif

Minnie Mouse é uma rata que parece o Mickey vestido de mulher. Na verdade era tão chata e certinha quanto ele, segundo o próprio Donald eles eram um casal de malas chatos e insuportáveis. Namorada (depois esposa) do Mickey desde os tempos do onça, é a melhor amiga de Margarida. Também nascida em 1928, não se sabe como ela bateu as botas (ao que tudo indica, teve o mesmo fim que seu ex-marido).

Pateta futebol.gif

Pateta é você um personagem que se descreve perfeitamente pelo seu próprio nome, ao contrario de você que não se chama Pateta. Melhor amigo de Mickey e do Pato Donald, Pateta é responsável por realizar as maiores cagadas possíveis no mundo. Nascido em 1925, Pateta faleceu em 2005, após mais uma de suas idiotices deixando um filho chamado Max.

Ze portenho.jpg

Zé Carioca é o maior malandro do Rio de Janeiro. Foi criado por Walt Disney para que os gringos juntassem reforços da América do Sul na Segunda Guerra Mundial que se encantou com o país e quis homenageá-lo. Um grande amigo do Pato Donald, quando o conheceu em 1942. Zé nasceu em 1920 e faleceu em 2010 com 90 anos de idade, por uma bala perdida, enquanto passeava pelas favelas da Vila Xurupita.

Inimigos da família

Macmonei.jpg

Mac Mônei foi, por muitos anos, o segundo Pato Mais Rico do Mundo. De origem sul-africana, Mac Mônei é um tipinho bem filho da puta que sempre tentava derrotar o Tio Patinhas, mas sempre fracassava. Nascido em 1866, o velho morreu com 100 anos em 1966, quando tentava matar o velho Patinhas na África com seu jatinho.

Patacôncio 1.jpg

Patacôncio é um dos maiores rivais do Tio Patinhas. Porém, diferentemente do Tio Patinhas, que juntou todo o dinheiro na mineração e não gasta nenhum centavo, o Patacôncio é um playboyzinho de merda, que gasta seu dinheiro em tudo o que vê. Nascido em 1878, o empresário gastador veio a falecer em 1980.

Patalogica.jpg

Maga Patalógika é uma das mais chatas inimigas do avarento Tio Patinhas. A sua obsessão pela famigerada Moedinha Nº1 do Tio Patinhas provocou a ruína de sua futura carreira como bruxa renomada. Nascida em 1902, Maga conheceu o velho Patinhas em 1961 e nunca conseguiu realizar seu objetivo, mesmo com a morte deste. Conseguiu realizar um feitiço de imortalidade com sua amiga, a Madame Mim e por causa disso não pode morrer. Porém, foi presa na Zona Fantasma pelo Superpateta em 1967. MWAHAHAHAHAHA!

Matralha 999.jpg

Irmãos Metralha é um grupo nada secreto de ladrões que tem por objetivo roubar a caixa-forte do Tio Patinhas. Porém, eles nunca conseguiram roubar sequer uma moedinha do cofre, e, quando eles tentam executar os seus assaltos, os Irmãos Metralha sempre acabam tomando noku. A quadrilha toda foi morta pelo Tio Patinhas em 1965 em um último grande golpe que acabou falhando. Contudo, os Metralhinhas, filhos dos Metralhas originais, nasceram e passaram a perseguir HZL, que herdaram a fortuna do velho mão-de-vaca.

Joaobafodeonca2.jpg

João Bafo-de-Onça também conhecido como Gordalhão fedorento que nunca escova os Dentes, é um dos primeiros e maiores vilões da série Disney, sempre perseguindo o Mickey, o Pato Donald, o Tio Patinhas e todos que ele não gostava. Por incrível que pareça, seu amigo Pateta gosta dele.

ManchaNegra02.jpg

Mancha Negra é o criminoso mais misterioso de Patópolis. O seu estilo frio e cruel faz com que todos os criminosos o respeitem, mais ainda, porque ele é o mais eficiente ladrão e fugitivo das prisões onde foi trancafiado. Mesmo a polícia não é capaz de detê-lo como deveria ser feito. Até mesmo o quaquimilionário Tio Patinhas fica apreensivo quando escuta e lê as notícias de sua fuga. Porém os seus planos sempre foram frustrados por o seu maior inimigo, Mickey Mouse.

Veja também

Família Pato e sua história de contendas por gerações
v d e h