Sonhos Molhados

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Sonhos Molhados
くりいむレモン
Cream card.jpg
Capa da desgraça
Gênero Hentai
Mangá
Autor Hiroyuki Kitakubo
Divulgação -
Onde sai -
Primeira publicação -
N° de volumes -
Anime
Dirigido por Hiroyuki Kitakubo
Estúdio Fairy Dust
Onde passa Japão, Brasil
Primeira exibição 1984
N° de episódios 69 (na verdade foram menos, mas não estrague a piada)
Filmes
OVAs

Sonhos Molhados, conhecido entre os japoneses como Cream Lemon, é o primeiro hentai da história da humanidade! Ok, é mentira, os japoneses já desenhavam putaria muito antes da criação deste anime... Mas sem dúvidas foi graças a ele que o estilo atualmente é considerado arte e não somente uma perversão doentia.

História[editar]

Olhando assim, nem parece hentai...

Na verdade, se formos comparar Sonhos Molhados com hentais mais famosos como Bible Black ou Discipline, a série está mais para um ecchi ou até mesmo um simples shoujo, já que as cenas de sexo nem chegam a ser explícitas e as genitálias dos personagens ficam censuradas. Entretanto, Sonhos Molhados foi lançado nos anos 80, antes da época em que punheteiros aficionados pausavam Street Fighter quando jogavam com a Chun-Li para bater uma com a imagem poligonal desfigurada da lutadora, ou seja, o OVA foi responsável por aumentar consideravelmente o crescimento de pelos nas mãos dos japoneses.

Ainda na década de 80, Sonhos Molhados foi lançado no Brasil de forma clandestina pela mesma produtora de vídeo responsável pela obra de arte Experiências Sexuais de um Cavalo, só que como tratava-se de um desenho animado, ficava na seção de filmes infantis das videolocadoras, mesmo tendo o nome adaptado sugestivamente em português. Assim, Sonhos Molhados tornou-se o primeiro pornô a ser assistido por muita criança oitentista, consequentemente, é até hoje lembrado com muito carinho por adultos na faixa dos 30 e 40 anos por bater punheta assistindo essa joça enquanto os pais acreditavam que era apenas um desenho inocente.

Ao todo, Sonhos Molhados teve 69 episódios produzidos ente 1984 e 2006, divididos em seis séries lançadas diretamente para VHS e DVD, mas os brasileiros só conheceram a primeira temporada, composta por 16 capítulos, sendo que dois deles permanecem inéditos no país até hoje ainda bem.

Enredo[editar]

Como são mais de 8000 enredos paralelos que não têm a menor ligação uns com os outros, eu só vou me prestar a falar sobre a história mais conhecida e considerada pelos fãs a melhor delas: Ami My Baby, embora ela seja muito mais parecida com um drama de novela mexicana do que com um hentai propriamente dito.

Be My Baby[editar]

Ami lendo o Kama Sutra para depois praticar com Hiroshi.

Ami Nonomura seria só mais uma guria retardada como todas as outras, se não fosse por um pequeno detalhe: ela é apaixonada por seu irmão adotivo, Hiroshi. Como sabe que eles não têm nenhum parentesco de fato, ela não está nem aí e deixa bem claro que quer dar para ele de qualquer jeito, aproveitando enquanto ambos estão indo juntos à escola para ficar se insinuando toda. Hiroshi fica todo irritado e é bem estúpido com a irmã, o que gera certa dúvida se ele faz isso porque é um cara de princípios ou simplesmente uma bichona. Uma amiga escreve uma carta de amor a Hiroshi e pede que Ami entregue a ele, sem saber dos sentimentos incestuosos da garota, que rasga o papel toda enciumada e depois vai tomar um banho para relaxar. Enquanto se lavava, ela começou a se lembrar de sua infância junto com Hiroshi e foi ficando com tesão, o que nos leva a crer que, além de incesto, ela também tem fetiche de pedofilia. Ami então decide aliviar-se com uma siririca, mas como a moça não sabe ser discreta, fica gemendo alto e chamando por Hiroshi, que ouve tudo e acaba indo até o banheiro, deparando-se com a cena.

Não satisfeita em ler um só volume, ela foi atrás da coleção completa.

Após o banho, Ami vai para o quarto enxugar os cabelos. Hiroshi, que estava ouvindo música, aparece do nada na porta e a agarra. Embora este fosse o objetivo de Ami desde o começo, ela resolve fazer cu doce (ah, mulheres, essas cadelas) e o empurra, mas ele persiste e, com beijos e elogios, consegue convencê-la (como se ela não quisesse) a transar. Hiroshi então revela a Ami que ele sempre quis comê-la, mas tinha medo de pegar alguma DST e por isso sempre a evitava, mas após vê-la se masturbando em sua homenagem, ele não resistiu e cansou de negar fogo. Só que a mãe deles estava em casa, e como a velha já é mais rodada que saia de baiana, logo escutou e reconheceu os barulhos suspeitos que vinham do quarto de Ami.

Ami pensando em alguma fantasia doentia com o irmão.

Horrorizada com o que havia acontecido entre os filhos, a mulher acha que o melhor é entrar na roda separá-los e então manda Hiroshi para Londres. Ami entra em depressão e seus únicos momentos de alegria são aqueles em que masturba pensando no irmão. Preocupadas com a situação, suas amigas arrastam-na para uma balada e lhe dão uma camisinha de presente. Ami fica indignada com o tamanho curto da camisinha comportamento lascivo das outras garotas, que ingeriam álcool como se fosse água. Onde já se viu tamanha indecência? Deviam seguir o exemplo dela, que trepou com o próprio irmão! Por não ser acostumada a beber, com apenas alguns goles Ami já fica bem tonta e começa a dançar com um tal de Kono, que consegue convencê-la a ir até seu apartamento.

De tão bebum, Ami passa a visualizar Hiroshi no lugar de Kono e ele tira proveito disso para comê-la. No dia seguinte, ele vai buscá-la na escola e ambos vão até uma lanchonete, onde Kono conta o que aconteceu na noite passada e deixa Ami assustada, achando que ele vai espalhar para todo mundo sobre sua relação incestuosa com Hiroshi (sendo que todos já sabem). Ele diz que não fará isso e ambos transam novamente (na lanchonete?!), ao que Kono diz que fará com que Ami se esqueça de Hiroshi. Provando que é uma vagabunda sem nenhuma moral, Ami dá um tapa na cara de Kono e vai embora chorando no meio da neve. Após lamentar-se mais um pouco com suas amigas posers, Ami encontra um filhote de cachorro na rua e o anime termina com ela acariciando-o. WTF?

Ami Again[editar]

Ami pagando peitinho "acidentalmente" na frente de Hiroshi.

Calma que a história não acabou desse jeito idiota e sim de um jeito mais idiota ainda Alguns anos se passaram e Ami continua chorando as pitangas por causa de Hiroshi. Ao invés de melhorar, a situação só piorou: agora ela se recusa até mesmo a sorrir, já que não consegue mais satisfazer-se sexualmente apenas se masturbando. Ela bem que tenta ligar para Kono e marcar algum programa, mas acaba desligando o telefone antes de falar com ele. De repente, em mais um dia corriqueiro de lamúrias em que Ami está sozinha em casa, ela recebe uma ligação de ninguém mais, ninguém menos que Karl Marx Hiroshi, que acabou de voltar de Londres!

Ami tendo um orgasmo. Sabe-se lá se foi com o Hiroshi, o Kono ou com ela mesma...

A notícia deixa Ami com a periquita em brasa e ela imediatamente pergunta porque ele não volta para casa. O irmão responde que prefere ficar hospedado em um amigo para evitar encontrar-se com a mãe por que será?. Portanto, coube a Ami ir ao encontro de Hiroshi em um restaurante, onde ela quase teve um ataque cardíaco de tanta felicidade ao revê-lo. À noite, ambos vão a um parque e Ami não quer mais saber de esperar para tirar o atraso, colocando logo a mão no bilau de Hiroshi e começando a beijá-lo (o Hiroshi ou o bilau dele?!). Extremamente incomodado com a situação, ele diz que não quer mais saber dela, levanta e vai embora com o bilau pra fora. Inconformada com o fora e chorando mais do que nunca, Ami corre para o apartamento de Kono, crente que ele jamais se recusaria a consolá-la... E de fato, ele não recusou, mas foi extremamente grosseiro com ela, já que da última vez levou um tapa na cara como agradecimento por querer fazê-la esquece Hiroshi. Enquanto toma banho, Ami começa a sangrar e fica desesperada, então Kono atira nela com uma magnum 357 um absorvente de outra amante sua e explica que ela ficou menstruada. É aí que descobrimos que Ami tem apenas 15 anos de idade! Porra, quantos anos ela tinha na época em que começou todo esse rolo?! Esses japas são muito doentes mesmo!

Enquanto isso, Hiroshi voltou para Londres. Completamente obcecada, Ami decide ir atrás dele, mas como é que uma adolescente japonesa foi arrumar dinheiro para viajar sozinha até a Europa sem a supervisão de um adulto responsável? Bom, é um hentai, então qualquer coisa é possível e provavelmente ela apelou para a prostituição. Chegando ao seu destino, Ami corre para reencontrar o irmão, mas o encontra dando uns amassos em uma baita gostosa. Completamente desiludida com a vida, a única coisa que resta para Ami fazer é cometer suicídio voltar sozinha para o Japão (e chorando, como sempre).

Outros[editar]

Ami tentando uma vaga de panicat após ser chutada por Hiroshi.

Alguns outros contos que fazem parte da coletânea Sonhos Molhados:

  • Mako Sexy Symphony - Uma virgem termina com seu namorado que quer obrigá-la a liberar o brioco. De repente, ela muda completamente de ideia e volta para o amado toda devassa. Paralelamente a isso, surge uma garota misteriosa na história.
  • Super Virgin - "Super Virgin" é um grupo feminista que detesta garotos. Estes, por sua vez, também as detestam, mas o motivo de toda essa briga é porque a líder das garotas é lésbica. Quando uma de suas companheiras se apaixona por um dos inimigos, as pessoas percebem que brigar não vai levar a nada e que é muito melhor resolver as desavenças na cama.
  • Happening Summer - Jovem se apaixona pelo namorado da própria irmã, e como sabe que não tem a mínima chance com ele, passa a viver em um castelo habitado por outras três mulheres que lhe ensinam a colar velcro.
  • Star Trap - Sátira pornográfica a animes espaciais do tipo Urusei Yatsura. No Brasil teve seu título alterado para As Ninfetas do Zodíaco por causa da popularidade de Os Cavaleiros do Zodíaco.
  • Hellcats - Uma escola é dividida por um muro que separa as garotas dos garotos, até que uma aluna nazista decide destruir tudo com a ajuda de duas amigas malucas. O diretor então contrata sua própria filha para derrotá-las e salvar sua boneca inflável de estimação. No fim das contas, todos os personagens se apaixonam e transam uns com os outros.

Galeria[editar]

PROCURADO

Amy (1).jpg

Sonhos Molhados é procurado por crimes contra
a sociedade e é extremamente perigoso.

Procurado vivo ou morto (de preferência morto).
Recompensa: uma trepada com a Ami!